24/05/2018

Deus é possível? Logo, existe!


Aqui fica o resumo da minha comunicação «Deus é possível? Logo, existe!» na Jornada de Filosofia da Religião que irá decorrer este sábado (24/05/2018) em Braga, no Campus Camões da Universidade Católica:
Com o argumento ontológico modal deriva-se logicamente que se a existência de Deus é possível, então a sua existência é necessária, o que implica que é também efetiva. Ou seja, caso se aceite que a existência de Deus é pelo menos possível, então não se pode senão aceitar que Deus existe efetivamente. Com este argumento o ónus da prova será mais leve para o teísta, pois tudo o que é preciso fazer para provar que Deus existe é mostrar a mera possibilidade de Deus. Mas haverá boas razões para se aceitar a mera possibilidade da existência de Deus? Nesta comunicação pretende-se analisar e defender as mais recentes razões apresentadas por Alexander Pruss (2010), Robert Maydole (2012), Brian Leftow (2015), e Yujin Nagasawa (2017) a favor da possibilidade da existência de Deus. Com base em tais razões pode-se aceitar que Deus é possível e, por conseguinte, concluir validamente que Deus existe efetivamente.
A inscrição é gratuita e a formação será acreditada para professores do Ensino Básico e Secundário: https://www.braga.ucp.pt/filosofiadareligiao/



Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema: ,

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Deus é possível? Logo, existe!":

5 Domingos Faria: Deus é possível? Logo, existe! Aqui fica o resumo da minha comunicação «Deus é possível? Logo, existe!» na Jornada de Filosofia da Religião que irá decorrer este sábado (...
< >