16/08/2017

Aprendizagens Essenciais de Filosofia


Em abril de 2016, o Ministério da Educação, com a Conferência “Currículo para o século XXI”, deu início a um processo de reflexão sobre o currículo. Para esta conferência, foram convidadas as associações de professores, tendo-lhes sido solicitado que elencassem os contributos mais relevantes das respetivas disciplinas para a formação do aluno em escolaridade obrigatória.

Em outubro de 2016, as associações de professores foram chamados a analisar os Programas em vigor e demais documentos curriculares no sentido de identificarem as “Aprendizagens Essenciais”, ou seja, na definição apresentada, o conjunto comum de conhecimentos, capacidades e atitudes que todos os alunos têm obrigatoriamente que adquirir e desenvolver em cada área disciplinar ou disciplina, constituindo-se como orientação curricular de base, para efeitos de planificação, realização e avaliação do ensino e da aprendizagem. 

Após a elaboração de uma primeira proposta de trabalho produzida com base em pareceres recolhidos junto de professores do ensino secundário e do ensino superior, representantes de diferentes instituições e de diferentes perspetivas do ensino da Filosofia, a Apf e a SPF trabalharam em conjunto na elaboração das sucessivas versões que foram apresentadas à DGE. Daí resultou o documento com as Aprendizagens Essenciais de Filosofia para o 10º ano, ver aqui, que deve entrar em vigor em Setembro para as escolas-piloto (ver aqui). 

Para mais informações sobre isto, clique aqui.


Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Aprendizagens Essenciais de Filosofia":

5 Domingos Faria: Aprendizagens Essenciais de Filosofia Em abril de 2016, o Ministério da Educação, com a Conferência “Currículo para o século XXI”, deu início a um processo de reflexão sobre o c...
< >