23/10/2013

O Problema do Ceticismo



No dia 25 de Outubro de 2013 pelas 15:00, na Faculdade de Letras de Lisboa (Sala Mattos Romão), o professor Rui Silva (da Universidade dos Açores) proferirá uma comunicação sobre "O Problema do Ceticismo". O resumo da comunicação é o seguinte:
O debate contemporâneo em torno do problema do ceticismo tem-se centrado no assim chamado Argumento da Ignorância, o qual, partindo das premissas de que (1) não sabemos se as hipóteses céticas são falsas e de que (2) se não sabemos que tais hipóteses são falsas, não sabemos as proposições que fazem parte do conhecimento comum, conclui que não possuímos tal conhecimento. Serão analisadas várias estratégias para enfrentar o desafio cético: a rejeição do princípio do fecho (Dretske e Nozick); o assim chamado contextualismo semântico ou conversacional, que defende o carácter indexical do verbo saber ou conhecer (Lewis, Cohen e DeRose); o contextualismo do sujeito (na versão apresentada por Michael Williams) e a estratégia neo-mooreana, a qual alega que temos acesso ao conhecimento comum e que sabemos que as hipóteses céticas são falsas.
Defenderei que uma conceção externalista do conhecimento não é por si só suficiente para remover o problema do ceticismo e que uma resposta adequada a tal problema deve também oferecer uma conceção da responsabilidade epistémica do sujeito que não envolva princípios epistémicos conducentes ao ceticismo.


Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "O Problema do Ceticismo":

5 Domingos Faria: O Problema do Ceticismo No dia 25 de Outubro de 2013 pelas 15:00, na Faculdade de Letras de Lisboa (Sala Mattos Romão...
< >