15/10/2013

Idealismo de George Berkeley



Uma vez um jovem disse assim:
«Deus, acho deveras estranho,
Que aquele carvalho do jardim
Continue a sê-lo
Quando não está ninguém a vê-lo.»

«Caro Senhor, estranho é o seu espanto
Pois do jardim nunca arredo o pé
E é por isso que a dita árvore
Continua a ser como é.
Com a maior boa fé me subscrevo, DEUS.»


Fonte: Dan O'Brien (2013) Introdução à Teoria do Conhecimento. Lisboa: Gradiva, p. 103.

Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema: ,

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Idealismo de George Berkeley":

5 Domingos Faria: Idealismo de George Berkeley Uma vez um jovem disse assim: «Deus, acho deveras estranho, Que aquele carvalho do jardim Contin...
< >