03/10/2013

Argumento de Anselmo



Uma possível formulação do argumento ontológico de Anselmo: 

(1) Deus existe no entendimento, mas não na realidade. [Suposição]
(2) A existência na realidade é mais grandiosa do que a existência apenas no entendimento. [Premissa]
(3) A existência de Deus na realidade é concebível. [Premissa]
(4) Se Deus existir na realidade, então seria mais grandioso do que é. [De (1) e (2)]
(5) É concebível que exista um ser mais grandioso do que Deus. [De (3) e (4)]
(6) É concebível que exista um ser mais grandioso do que o ser mais grandioso do que o qual nenhum é concebível. [(5) pela definição de "Deus"]
(7) Porém, é absurdo e contraditório conceber que exista um ser mais grandioso do que o ser mais grandioso do que o qual nenhum é concebível. [De (6)]
(8) Logo, é falso que Deus existe no entendimento, mas não na realidade. [Redução ao absurdo, de (1) e (7)]

Será este um argumento sólido?


Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Argumento de Anselmo":

5 Domingos Faria: Argumento de Anselmo Uma possível formulação do argumento ontológico de Anselmo:  (1) Deus existe no entendimento...
< >