20/02/2013

Uma Semântica Simples para Existenciais Negativas



No dia 22 de Fevereiro de 2013, pelas 15:00, na Faculdade de Letras de Lisboa (Sala Mattos Romão), o professor João Branquinho proferirá uma palestra sobre "Uma Semântica Simples para Existenciais Negativas". 

Este é o resumo da palestra: 
É proposta uma semântica simples para um fragmento importante de predicações singulares de inexistência, frases usualmente tidas como semanticamente problemáticas. O tratamento adoptado depende de duas suposições substantivas de partida: (a) a suposição de que as frases em questão são, do ponto de vista da sua forma lógica, aquilo que parecem ser; (b) a suposição de que o predicado de existência que aí ocorre é um predicado lógico, universal. E depende ainda, mais crucialmente, de uma tese semântica algo controversa acerca da referência singular: a tese de que nomes próprios e outros termos singulares são designadores, não apenas rígidos, mas obstinadamente rígidos, dos objectos que de facto designam (Kaplan). Isto significa o seguinte: uma vez atribuído a um desses termos um objecto como sendo o referente do termo relativamente a um contexto de uso, o termo designará esse objecto com respeito a qualquer estado possível do mundo ou ocasião. Por conseguinte, tal objecto será o objecto referido pelo termo mesmo em relação a estados do mundo ou ocasiões nos quais o objecto em questão não exista. Se isto for correcto, parece haver um sentido no qual a existência não é necessária para a referência, no qual nos podemos referir àquilo que não existe. No entanto, daí não se segue, ou pelo menos não queremos que daí se siga, que há coisas que não existem.



Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Uma Semântica Simples para Existenciais Negativas":

5 Domingos Faria: Uma Semântica Simples para Existenciais Negativas No dia 22 de Fevereiro de 2013, pelas 15:00, na Faculdade de Letras de Lisboa (Sala Mattos Romã...
< >