01/09/2011

Qualidade da argumentação



A qualidade da argumentação é o resultado de três tipos de factores:


"1. O factor lógico, que por vezes é exclusivamente formal, é a validade (dedutiva e não dedutiva). A validade garante que é impossível ou improvável que as premissas de um argumento sejam verdadeiras e a sua conclusão falsa. A validade é independente do estado cognitivo dos agentes. 
2. O factor metafísico é a verdade. A verdade das premissas é uma condição necessária da argumentação de qualidade, pois torna impossível ou improvável, juntamente com a validade, que a conclusão seja falsa. A verdade é igualmente independente do estado cognitivo dos agentes. 
3. O factor epistemológico é a relação de plausibilidade existente entre as premissas e a conclusão do argumento. Num argumento bom ou forte as premissas são mais plausíveis do que a conclusão. A plausibilidade é relativa ao estado cognitivo dos agentes".

Fonte: Murcho, Desidério (2006) Pensar Outra Vez: Filosofia, Valor e Verdade. Vila Nova de Famalicão: Edições Quasi, pp. 128-129.


Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Qualidade da argumentação":

5 Domingos Faria: Qualidade da argumentação A qualidade da argumentação é o resultado de três tipos de factores:
< >