28/12/2009

Avaliação de argumentos: Falácias


Quando debatemos ou analisamos textos convém ter sempre em mente a questão das falácias para não seremos enganados. Deixo aqui uma lista de falácias proposta por John Nolt e Dennis Rohatyn:

1. Falácias de relevância (“non sequitur” – não se segue)
1.1. Ad hominem – contra a pessoa
1.1.1. Ad hominem ofensivo
1.1.2. Culpa por associação / Envenenando o poço
1.1.3. “Tu quoque” – você também
1.1.4. Interesse revestido
1.1.5. Ad hominem circunstancial
1.2. Homem-de-palha – colocar o argumento do adversário menos plausível
1.3. “Ad baculum” – recurso à força
1.4. “Ad verecundiam” – apelo à autoridade (X diz P; logo P)
1.5. “Ad populum” – apelo ao povo (X diz P; logo P)
1.6. “Ad mesiricordiam” – apelo à piedade
1.7. “Ad ignorantiam” – apelo à ignorância (não tem sido provado P; logo ~P)
1.8. “Ignoratio elenchi” – conclusão irrelevante

2. Raciocínio circular – petição de princípio (quando um argumento assume a sua própria conclusão).
2.1. Petição de princípios epítetos – são frases que prejudicam a discussão e assim, de certo modo, assumem o ponto principal na questão.
2.2. Perguntas complexas

3. Falácias semânticas – argumento tem múltiplos significados, vago…
3.1. Ambiguidade (equívoco) – multiplicidade de significados que muda durante o argumento.
3.2. Anfibologia – ambiguidade ao nível da estrutura da sentença.
3.3. Vaguidade – indistinção de significado, em oposição à multiplicidade de significado.
3.4. Ênfase – enfatizações que geram interpretações múltiplas.

4. Falácias indutivas – a probabilidade indutiva é baixa
4.1. Generalização apressada – extrapolação falaciosa
4.2. Analogia defeituosa
4.3. Falácia do jogador (X não tem ocorrido recentemente; então, X provavelmente acontecerá logo).
4.4. Falsa causa – confundir uma causa com um efeito.
4.5. Evidência suprimida – ignorar evidências.

5. Falácias formais
5.1. Negando a antecedente – ((p→q)^~p)→~q.
5.2 Afirmando a consequente – ((p→q)^q)→p.
5.3 Falácia de composição – atribuir a parte pelo todo
5.4 Falácia de divisão – o todo pela parte

6. Falácias de premissas falsas
6.1. Falsa dicotomia
6.2. Declive ardiloso
6.3. Teoria do dominó

Poderá ver e estudar mais pormenorizadamente as falácias em: NOLT, John, e ROHATYN, Dennis – Lógica. ("Schaum McGraw-Hill.") Trad. Leila Zardo Puga e Mineko Yamashita. Säo Paulo: Makron Books/Editora McGraw-Hill, 1991, pp. 344-399.

Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema: ,

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Avaliação de argumentos: Falácias":

5 Domingos Faria: Avaliação de argumentos: Falácias Quando debatemos ou analisamos textos convém ter sempre em mente a questão das falácias para não seremos enganados. Deixo aqui uma lista de ...
< >