17/08/2009

Método Platónico



Em sentido geral é um método que se liga directamente à figura, à doutrina ou à obra de Platão.
Sucintamente, este método utiliza sempre o esquema do diálogo para transmitir os seus ensinamentos filosóficos; deste modo, os textos platónicos são de fácil e agradável leitura. Simultaneamente, estes mesmos diálogos estão imbuídos de ironia e de maiêutica, sendo os recursos mais utilizados neste método. Ironia é um processo dialéctico de perguntas e respostas que permite ao interlocutor descobrir as contradições das teses e opiniões dos seus adversários, conduzindo consequentemente à sua refutação. Portanto, é um instrumento para chegar à refutação; assim, ao ser revelado a contradição obrigava a um remontar ao ponto de partida do debate. A função da ironia é a libertação do espírito, purificação espiritual, através do conhecimento. Tem a função principal de instalar a dúvida, libertando assim a alma do falso saber, preparando-a para a investigação da verdade. Por outro lado, a maiêutica (fase positiva ou criadora) é a arte de interrogar que permite a revelação do que está oculto. Através do diálogo permite recordar conhecimento que a alma já havia adquirido. Tem como finalidade encontrar o conceito universal, a partir do qual se explica o caso particular.
As grandes constantes deste método são: a referência essencial a um plano inteligível que se manifesta dialecticamente constitutivo de uma noeticidade objectiva; a distinção entre um plano ideal e os vários níveis de conhecimento sensível, relativo ou empírico, a importância dada às mediações dialécticas e também matemáticas na anamnese e retorno da alma à sua plenitude intelectiva; a valorização ética do conhecimento das ideias e da contemplação do Bem como Uno em contraste com a valorização da matéria que equivale ao cego destino; o sentido de uma ordem global da realidade harmonizante da política e da ciência com a cultura (paideia) e sobretudo uma visão religiosa e sapiencial da realidade. O método platónico também pode ser considerado “um pensar por paradigmas”.
Não podemos deixar de salientar o importante contributo que este método teve para a filosofia de Platão. Segundo Whitehead, “a filosofia ocidental toda ela não é mais do que um conjunto de anotações de rodapé ao texto de Platão”.


Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Método Platónico":

5 Domingos Faria: Método Platónico Em sentido geral é um método que se liga directamente à figura, à doutrina ou à obra de Platão. Sucintamente, este método utiliza ...
< >