17/08/2009

Método cartesiano / transcendental



O método cartesiano, criado por René Descartes, consiste no Ceticismo Metodológico – duvida-se de cada ideia que pode ser posta em dúvida. Ao contrário dos gregos antigos e dos escolásticos, que acreditavam que as coisas existem simplesmente porque precisam existir, ou porque assim deve ser, etc, Descartes institui a dúvida: só se pode dizer que existe aquilo que possa ser provado. O próprio Descartes consegue provar a existência do próprio eu (que duvida, portanto, é sujeito de algo – “cogito ergo sum”, penso logo existo) e de Deus. O acto de duvidar como indubitável.
Também consiste o método na realização de quatro tarefas básicas: verificar se existem evidências reais e indubitáveis acerca do fenómeno ou coisa estudada; analisar, ou seja, dividir ao máximo as coisas, nas suas unidades de composição, fundamentais, e estudar essas coisas mais simples que aparecem; sintetizar, ou seja, agrupar novamente as unidades estudadas num todo verdadeiro; e enumerar todas as conclusões e princípios utilizados, a fim de manter a ordem do pensamento.
Já o método transcendental tem origem na filosofia kantiana. Caracteriza-se por um novo método de consideração dos problemas. O método transcendental está na base do que o próprio Kant designa por “idealismo transcendental”, que averigua as condições de possibilidade de todo o conhecimento objectivo e, por conseguinte, as possibilidades e limites do conhecimento especulativo ou do uso teórico da razão.
Portanto, é o método transcendental que permite determinar quais os elementos subjectivos que intervêm na constituição do objecto de conhecimento e de que maneira isso acontece. Diz Kant: “chamo transcendental a todo o conhecimento que se ocupa não tanto de objectos como da nossa maneira de conhecer os objectos, na medida em que esta deve ser possível a priori”. A análise transcendental é, pois, o estudo das condições de possibilidade de todo o conhecimento dos objectos.


Gostou deste artigo? Receba outros por e-mail, assine a nossa newsletter. Digite aqui o seu e-mail:

Este artigo, com comentários, encontra-se no seguinte tema:

Escreva aqui os seus comentários ao artigo "Método cartesiano / transcendental":

5 Domingos Faria: Método cartesiano / transcendental O método cartesiano, criado por René Descartes, consiste no Ceticismo Metodológico – duvida-se de cada ideia que pode ser posta em d...
< >